Seguir

Práticas recomendadas de entregabilidade do Gmail

O Gmail oferece um alto padrão a profissionais de marketing que enviam para os servidores esperando que eles sigam as práticas recomendadas de envio. Você pode ter mais insights sobre o Gmail no Guia de Campo de Profissionais de Marketing para Gmail, Yahoo e Outlook da, Return Path. Esse guia oferece ótimas informações sobre o Gmail, como ele determina qual e-mail é filtrado para a pasta de spam e qual e-mail chega à caixa de entrada.

Os problemas de entregabilidade no Gmail não são resolvidos do dia para noite. Além disso, podem ser causados por diversos problemas relacionados ao processo de aquisição de dados e de higiene dos dados, além de outros fatores relacionados à infraestrutura ou eficácia do conteúdo ao manter os assinantes engajados.

O Gmail recomenda:

  • Siga as orientações de remetente em massa para melhorar as taxas de posicionamento da caixa de entrada.
  • Cadastrar-se nas ferramentas do postmaster para analisar seu desempenho e ser um remetente melhor. É uma etapa crucial na identificação de tendências para ver se há um fator influenciando bastante o posicionamento da pasta de spam que você enfrenta.
  • Com as ferramentas do postmaster, ao notar problemas ou quedas negativas no desempenho, o Gmail espera que você aja o mais rápido possível para identificar e corrigir a causa principal. 

Posicionamento na aba do Gmail

  • O Litmus tem uma ferramenta que pode ajudar a prever em qual aba seu e-mail será recebido no Gmail. Faça uma verificação rápida para garantir que esteja chegando na aba desejada.
  • O e-mail é classificado e colocado em abas com base na interação do usuário. Siga as diretrizes de remetente em massa para ajudar a garantir que seu e-mail seja classificado corretamente.

Principais fatores de entregabilidade do Gmail:

  • Reclamações: uma alta taxa de reclamações pode fazer com que seu e-mail seja filtrado para a pasta de spam. Isso informa o Gmail de que você está enviando para usuários do Gmail que não desejam o e-mail e podem sinalizar que é mais provável que você seja um spammer. O Gmail gosta quando os assinantes retiram seu e-mail da pasta de spam se ele estiver marcado como tal. Isso informa o Gmail de que é mais provável que você seja um remetente legítimo.
  • Engajamento: envie e-mails relevantes para seus assinantes para que eles interajam com eles regularmente. Ao encontrar problemas de entregabilidade no Gmail, o envio temporário apenas para seus assinantes mais engajados (aqueles que engajaram nos últimos 15 ou 30 dias) pode ajudar a melhorar sua reputação de envio e levar a um aumento no posicionamento da caixa de entrada. O Gmail usa o engajamento como um fator para filtrar seu e-mail.
    • O Gmail analisa a interação de cada assinante com seu domínio em relação a outros domínios e fatores que influenciam as decisões de filtragem. Esse tipo de engajamento relativo pode ser ajustado com base na sua reputação de envio.
  • Autenticação: veja se você está autenticando com o SPF (Sender Policy Framework), o DKIM (DomainKeys Identified Mail) e o DMARC (Domain-based Message Authentication Reporting & Conformance). Veja se não há erros de configuração em todos os métodos de autenticação; caso contrário, isso resulta no envio de mensagens para a pasta de spam.
  • Novo endereço IP ou domínio: aqueça todos os novos endereços IP novos domínios para estabelecer uma reputação de envio. Negligenciar o aquecimento do novo endereço IP ou domínio faz com que o e-mail seja enviado para a pasta de spam. Se tiver dificuldades em acessar a caixa de entrada do Gmail usando volumes de aquecimento "normais", siga estas diretrizes gerais:
    • Comece com um volume muito baixo de mensagens em intervalos de algumas horas nos primeiros dias. Não exceda 500 mensagens por dia. 
    • Envie apenas para assinantes altamente engajados no começo.
    • Monitore o desempenho usando registros de devolução e o Inbox Monitor para ver como o Gmail reage.
    • Quando suas mensagens chegarem à caixa de entrada, duplique o volume a cada três ou quatro dias. Continue a monitorar o desempenho.
    • Se você encontrar o posicionamento da pasta de spam, diminua a velocidade ou pause o volume por vários dias para que o filtro de spam do Gmail se ajuste.

Práticas recomendadas de entregabilidade do Gmail:

Infra-estrutura

  • Veja se o endereço IP (IPv4 ou IPv6) tem registro rDNS (PTR) não genérico válido. O IPv4 é o formato mais comum de endereços IP de envio no momento. Os endereços IP de envio sem registro rDNS serão rejeitados ou marcados como spam.
  • Use Forward Confirmed Reverse DNS (FCrDNS) nos endereços IP de envio e seus nomes de host correspondentes.

Use um endereço IP dedicado

  • O endereço IP dedicado facilita sua identificação pelo o Gmail. O Gmail também usa a reputação em nível de domínio nas decisões de filtragem, mas um endereço IP dedicado facilita a determinação e rastreio do caminho de entrega do seu ESP.
  • Um endereço IP dedicado pode não ser prático ou possível para alguns remetentes de volumes menores. Converse com o administrador de e-mail ou ESP sobre suas opções. Se você tiver que enviar por um endereço IP compartilhado, siga as orientações do Gmail, conforme listado neste artigo, da maneira mais rigorosa possível.

Autentique seu e-mail

  • Autentique seu email usando o SPF (Sender Policy Framework), o DKIM (Domainkeys Identified Mail) e o DMARC (Domain-based Message Authentication Reporting and Conformance).
    • O alinhamento completo do domínio (usando o mesmo domínio) do MFrom, Sending From e DKIM d= domain facilita a identificação pelo Gmail.
    • Trabalhe com uma política de DMARC p=reject ao longo do tempo. Monitore os relatórios do DMARC com uma política p=none primeiro, ou você pode acabar bloqueando o e-mail legítimo se o registro DMARC for configurado incorretamente.
    • Os e-mails autenticados informam o Gmail de que é menos provável que você seja um spammer.
  • Autenticar o e-mail é importante principalmente se você enviar o e-mail de um endereço IP IPv6. O domínio de envio deve passar por verificações de SPF e DKIM, ou seu e-mail pode ser marcado como spam.

Permanência do remetente

  • Envie consistentemente da mesma infraestrutura de envio e endereços IP. Fique atento ao uso de endereços IP usados apenas em eventos especiais, como conferências. O Gmail identifica padrões de envio em domínios e endereços IP; portanto, o envio repentino de IPs e domínios que normalmente enviam e-mails apenas algumas vezes por ano pode resultar em posicionamento na pasta de spam.

Segurança

  • Use TLS (Transport Layer Security). O TLS é um protocolo que garante a comunicação segura entre dois servidores ou aplicativos e que nenhum terceiro possa adulterar a mensagem.
  • Use Hypertext Transfer Protocol Secure (https) para os links de páginas da web. Isso protege os dados contra espionagem por terceiros, como em hotspots públicos de WiFi.

Mantenha o código HTML limpo e conciso

  • Mensagens com mais de 102 KB serão cortadas pelo Gmail quando visualizadas por um assinante. Isso afeta o modo como os assinantes interagem com o e-mail.
  • Use o Inbox Preview para identificar possíveis problemas de HTML.

Envie para assinantes engajados

  • Seja mais agressivo no programa de higienização de lista para remover os assinantes do Gmail que não respondem. Isso é importante principalmente se o e-mail for constantemente colocado na pasta de spam. Com o tempo, o envio contínuo de e-mails aos assinantes quando seu e-mail estiver na pasta de spam fará com que mais e-mails sejam enviados para essa pasta.
    • Na ausência de um Feedback Loop de reclamações do Gmail, no qual você recebe mensagens de reclamação (como muitos Feedback Loops tradicionais), a política e o processo de higiene da lista são muito importantes.
  • O envio para assinantes engajados reduz sua taxa de reclamações, aumenta o número de pessoas que retiram seu e-mail da pasta de spam (isso não é spam) e aumenta a taxa de resposta.
  • Permita e incentive os assinantes a responderem ao e-mail. Assinantes engajados normalmente não respondem a e-mails enviados por um spammer, e isso faz o Gmail ver que é mais provável que você seja um remetente legítimo.
  • Envie a assinantes engajados primeiro e a assinantes não engajados no fim do dia. Se você enviar a assinantes não engajados no início do dia, as métricas de envio ruins podem afetar a entregabilidade das campanhas pelo resto do dia.

Tenha um processo de adesão sólido

  • Use métodos de permissão de adesão. Não ache que um assinante ou cliente queira receber um e-mail seu.
  • Valide cada endereço de e-mail antes de adicioná-los à lista.
  • Não suponha que os clientes que adquiriram um produto ou se cadastraram em um site estão interessados em receber e-mails; peça especificamente para que eles participem.
  • Defina antecipadamente expectativas claras sobre o conteúdo e a frequência do e-mail.
  • Não selecione automaticamente a caixa de adesão em um formulário da web.

Identifique campanhas que obtém altas taxas de reclamação usando o Feedback Loop de reclamações do Gmail

Classifique seu e-mail

  • Envie diferentes categorias de e-mail (por exemplo, promoções, notificações de transação, atualizações sociais) de diferentes endereços de remetentes e mantenha esses endereços consistentes ao longo do tempo.
  • Evite misturar diferentes categorias de conteúdo em um e-mail. Por exemplo, evite o envio de uma mensagem promocional em uma notificação de e-mail transacional, pois isso pode fazer com que o sistema classifique a mensagem como promocional.

Preste atenção e personalize a frequência de envio

Em geral, remetentes de alta frequência têm maior posicionamento na pasta de spam no Gmail.

  • Permita que os assinantes selecionem a frequência com a qual desejam receber mensagens por meio de um centro de preferências.
  • Envie mensagens com menos frequência para assinantes menos engajados. Não envie um e-mail diário para um assinante que não abre seus e-mails.

Segmente fluxos de e-mail

  • Use diferentes subdomínios, domínios e endereços IP de diferentes fluxos de mensagens (por exemplo, marketing e mensagens transacionais). Como a segmentação dá mais controle aos assinantes, eles podem cancelar a assinatura de um fluxo permanecerem cadastrados em outros.
  • A segmentação também facilita a solução de problemas, caso ocorram.

Processo de cancelamento de assinatura

  • Facilite e simplifique o cancelamento de assinatura. Use o processo de um clique e não exija que o usuário faça login na conta para cancelar.
  • Adicione imediatamente os usuários que cancelam o cadastro em uma lista de supressão. Quanto mais tempo você esperar e mais e-mails enviar a um usuário depois do cancelamento, mais contribuirá para uma reputação de envio negativa no Gmail.
  • Inclua um link de cancelamento de assinatura em todos os e-mails e honre todas as solicitações de cancelamento de assinatura.
  • Permita que os assinantes cancelem a assinatura de fluxos de e-mail específicos.
  • Permita que os assinantes cancelem a assinatura de todos os fluxos de e-mail usando uma opção de cancelamento de assinatura global.
  • Inclua um cabeçalho List-Unsubscribe. O Gmail aceita tanto opções de mailto: quanto URL. Esse método não substitui o cancelamento da assinatura.
  • Cancele a assinatura de usuários desconhecidos após uma rejeição.

Códigos de erro SMTP

  • Rastreie e monitore códigos de erro de mensagens devolvidas do Gmail para ajudar a identificar e corrigir problemas. Eles podem ser um indicador importante para o Gmail sobre a integridade do seu programa de e-mail.
  • códigos de erro SMTP do Gmail .

Use design responsivo

  • 75% dos usuários do Gmail acessam a conta em um dispositivo móvel. (Techcrunch)
  • Desde 31 de agosto de 2016, o Gmail oferece suporte a consultas de mídia de design responsivo aos remetentes de e-mail em massa.
  • Com o design responsivo, seu e-mail renderiza melhor em dispositivos móveis, melhorando o serviço ao cliente e, possivelmente, aumentando as taxas de resposta.
  • Valide o CSS antes da implantação para não haver erros.

Não envie URLs maliciosos no conteúdo

  • Veja se seus domínios de envio e domínios no conteúdo não hospedem malware ou sejam sites de phishing conhecidos. Embora o Gmail não divulgue publicamente como identifica sites perigosos, verifique:

Assuma a responsabilidade por todos os e-mails enviados do seu sistema ou em seu nome

  • Você é responsável por todos os e-mails enviados por terceiros a partir do seu sistema, seja o e-mail autorizado ou não. Controle os terceiros que usam seu sistema e acompanhe as práticas e o desempenho de envio deles. Não deixe terceiros que enviam spam usarem seu sistema.
  • Monitore de perto o comportamento de envio das empresas que você usa para marketing de afiliados. Muitos fornecedores de marketing de afiliação não seguem as práticas recomendadas de envio, prejudicando a reputação da sua marca e do seu domínio, além de fazer com que seu e-mail acabe na pasta de spam.
Esse artigo foi útil?
Usuários que acharam isso útil: 2 de 4
Tem mais dúvidas? Envie uma solicitação