Seguir

Dicas para remover armadilha de spam reciclável da lista de e-mails

O envio de e-mails para armadilhas de spam do tipo reciclável e puras prejudica sua reputação de envio; isso pode resultar em e-mails colocados na pasta de spam e endereços IP e domínios adicionados a blacklists. Uma das melhores maneiras de evitar o envio a armadilhas de spam é impedi-las de chegar à sua lista de e-mails. No entanto, quando elas chegam à lista de e-mail, pode ser difícil identificá-las, pois elas se parecem com qualquer outro endereço de e-mail comum. 

Dicas para exclusão: 

  • Tenha um plano para identificar assinantes não engajados assim que eles se cadastrarem. Envie campanhas de retorno de usuários com ofertas especiais para esses assinantes e suprima os não se engajarem com o e-mail, seja abrindo o e-mail ou clicando no seu site. Em média, um provedor de caixa de e-mail cria armadilha de spam do tipo reciclável após 3 a 9 meses de inatividade.
  • Envie campanhas de re-permissão. Envie aos assinantes não engajados uma campanha, pedindo para que reconfirmem a vontade de receber seus e-mails clicando em um link dentro do e-mail. Envie-os para o centro de preferências e peça para que confirmem a opção no seu site. Armadilhas de spam não completam essas ações. Suprima todo endereço de e-mail não reconfirmado.
  • Passe todos os endereços de e-mail por um serviço de validação de lista de e-mail para identificar domínios malformados e incorretos, usuários desconhecidos e endereços de e-mail temporários. Todos são fontes potenciais de armadilhas de spam.
  • Exclua todos os usuários desconhecidos após uma rejeição. A maioria dos provedores de e-mail recupera um endereço de e-mail inativo, como um usuário desconhecido, de 3 a 9 meses antes de transformá-lo em armadilhas de spam recicláveis.
  • Cadastre-se no Smart Network Data Services (SNDS) da Microsoft. O SNDS fornece horários detalhados para enviar e-mail para armadilhas de spam da Microsoft. Você pode usar essas informações para identificar fontes potenciais de armadilhas de spam, comparando o horário da ocorrência da armadilha de spam com o momento em que seu e-mail foi enviado. Suprima os endereços de e-mail não engajados enviados no mesmo horário do registro.
  • Use os dados da Whitelist e do Return Path Platform Sender Score para identificar endereços IP específicos que possam ser fonte de armadilhas de spam. Isso é eficaz principalmente na segmentação dos endereços IP em diferentes fluxos de e-mail.
  • Segmente sua lista de e-mails e envie para segmentos diferentes em dias e horários diferentes. Use a Certificação da Return Path, o Return Path Platform Sender Score e os dados do SNDS da Microsoft para identificar segmentos de e-mail suspeitos de conter armadilha de spam. Continue a segmentar e a enviar para segmentos diferentes em dias ou horários diferentes. Em algum momento, os segmentos serão pequenos o suficiente para suprimir todo o segmento que possuir armadilha de spam.
  • Verifique o seu programa de mensagens acionadas. O envio de e-mails anuais para aniversários e lembretes de renovação de produtos pode ser fonte de armadilhas de spam. Procure sinais de engajamento de todos os assinantes que recebem esses e-mails e suprima todo endereço de e-mail não engajado nos últimos 6 meses (considere 3 meses ou menos, dependendo da gravidade do problema). Com um programa efetivo de recuperação e re-permissão de usuários, apenas os assinantes engajados receberão esses e-mails acionados.

 

Esse artigo foi útil?
Usuários que acharam isso útil: 2 de 2
Tem mais dúvidas? Envie uma solicitação